Notícias

Instituto coreano inicia elaboração do master plan do HIDS

Pelos termos do convênio entre Unicamp, BID e a Prefeitura de Campinas, assinado em março de 2020, ficou estabelecido que o Korea Research Institute for Human Settlements (KRIHS) será o responsável pelo desenvolvimento do projeto físico-espacial do HIDS. O contrato com o Instituto coreano foi formalizado em novembro e a empresa já iniciou os estudos para entregar o master plan do HIDS, que será desenvolvido em parceria com uma empresa brasileira (que ainda será contratada pelo BIB) e com apoio das componentes de planejamento do HIDS, em especial a componente do projeto físico-espacial. “Para este desafio vamos levar em conta a experiência coreana na criação de espaços de inovação, empreendedorismo e para abrigar indústria baseada no conhecimento, com foco em casos como o da Daeduck Science Town, Vale Tecnológico de Pangyo e a cidade inteligente de Songdo”, disse o coordenador do projeto do HIDS no KRIHS, Se Hoon Park.

O papel do KRIHS será propor diretrizes para planos setoriais, diretrizes de planejamento para a distribuição do uso da terra, rede de transporte, corredores ecológicos, projeto de atividade de rua na área central etc., em consonância com o com o quadro estratégico do HIDS que vem sendo discutido pelas demais componentes de trabalho do projeto.

Nesse sentido, ainda de acordo com Park, a expectativa é entregar um master plan capaz de consolidar a filosofia, visão e conceito da HIDS por meio do desenvolvimento de uma série de cenários de projeto urbano para o HIDS, com base nos resultados dos estudos das componentes do projeto físico-espacial do HIDS, de governança, responsável pelo diagnóstico e análise do HIDS e de modelo de negócios e estratégias de desenvolvimento de HIDS. “A proposição deste master plan levará em conta os valores de sustentabilidade, inclusão, resiliência e competitividade”, enfatizou Park.

Cenários – O KRIHS vai sugerir três cenários de design da estrutura espacial para o HIDS baseados nos subsídios fornecidos pelas equipes de trabalho das componentes do HIDS e pelas demais consultorias contratadas pelo BID no âmbito deste projeto.

Com 11 milhões de metros quadrados, e parcialmente ocupada, a área do projeto fica a 10 km do Centro de Campinas.

O plano de trabalho também inclui a sugestão de uma estratégia de implementação do HIDS que deve levar em conta O plano de desenvolvimento em fases será produzido com base no desenvolvimento estratégia, demanda de mercado, modelo de negócio, papel dos atores públicos e privados. A estratégia de investimento inclui o custo total de investimento e a alocação do custo por atores públicos e privados em cada fase de desenvolvimento. Papel das partes interessadas, incluindo UNICAMP, governo da cidade e atores privados serão identificados para implementar o plano espacial sugerido em de acordo com o procedimento legal.

A primeira entrega – que inclui os três cenários e visão estratégica – está prevista para o mês de fevereiro de 2022. Também serão organizados dois workshops (em março e junho) e duas missões da equipe coreana: para conhecer a área de estudo, em fevereiro, e para o segundo workshop, em junho de 2022.

Fundado em 1978, o KRIHS tem desempenhado um papel central no desenvolvimento de políticas territoriais nacionais com pesquisas em desenvolvimento nacional equilibrado, estabilidade habitacional, desenvolvimento de infraestrutura e sistema de informação geoespacial.

Para saber mais detalhes sobre o plano de trabalho do KRIHS, clique aqui.

Por Patricia Mariuzzo

No Comments

Sorry, the comment form is closed at this time.