Notícias

Projeto do Hospital Regional ganha força e poderá ter seu formato definido nos próximos meses, diz reitor

O reitor da Unicamp, Antonio José de Almeida Meirelles, disse nesta segunda-feira (25) que o projeto de instalação do Hospital Regional – voltado ao atendimento de mais de 120 municípios do interior paulista – poderá ter seu formato definido nos próximos meses, permitindo já pensar em sua implementação.

Meirelles disse que a Unicamp identificou três áreas que poderiam abrigar a nova estrutura, destinada a atendimentos de emergência e média complexidade, deixando os de alta complexidade para o Hospital de Clínicas.

Em conversa na manhã desta segunda-feira (25) com o deputado estadual Rafa Zimbaldi (Cidadania), o reitor se mostrou otimista com o apoio ao projeto.

“Estamos percebendo um crescente apoio à iniciativa. Essa proposta começou a ser formulada em nossas salas aqui da Unicamp, em conversas com deputados estaduais e federais, prefeitos e políticos da região, e foi encontrando cada vez mais eco junto ao governo estadual”, disse.

“Falta agora avançar um pouco mais na  formatação do modelo. Minha expectativa é que nos próximos meses possamos lançar essa ideia já como um projeto cuja execução possa ser iniciada em um futuro não distante”, acrescentou.

Para o reitor, o Hospital Regional vem atender a uma série de demandas, como o oferecimento de um maior número de leitos, melhor atendimento à população e melhor organização da estrutura de saúde da região metropolitana e demais cidades próximas.

Meirelles lembrou que a construção do Hospital Regional se tornou uma bandeira da gestão, em razão da carência no atendimento assistencial na área atendida pelo HC, que envolve a DRS-7 (de Campinas) e as DRS de Piracicaba e  São João da Boa Vista.

No segundo semestre do ano passado, o projeto foi apresentado a secretários do governo estadual e, mais recentemente, ao governador Rodrigo Garcia.

Agradecimento – O reitor agradeceu o empenho do deputado Rafa Zimbaldi que, por meio de emendas impositivas, já destinou mais de R$ 2 milhões de recursos ao complexo hospitalar e núcleos da Unicamp.

Também participaram do encontro a professora Angela Maria Bacha, assessora docente da DEAS/Unicamp, e o chefe da área de Cardiologia do HC, José Roberto Matos de Souza.

Por Tote Nunes / Fotos Antoninho Perri, do Portal da Unicamp

No Comments

Sorry, the comment form is closed at this time.